Categorias: Idiomas | Português


Avaliações

Por: R$ 89,90

1x sem juros no cartão

Status Produto Produto Disponível
Calcule o prazo de entrega e frete

Sinopse

Na manhã de 7 de janeiro de 2015, o jornalista Philippe Lançon participava da reunião de pauta do Charlie Hebdo quando a sede do jornal satírico francês foi alvo de um atentado terrorista que comoveria a França e o mundo. Os protestos pelo assassinato de cartunistas e jornalistas reuniriam milhares nas ruas das grandes capitais e se transformariam em vigília pela liberdade de expressão. Essa é a história conhecida. Até o lançamento de O retalho, no entanto, pouco se sabia como os minutos de duração do ataque reordenaram de vez a trajetória de seus sobreviventes. O livro de Philippe Lançon confere uma nova perspectiva ao episódio. O jornalista teve, entre outros ferimentos, o maxilar destruído pelos tiros e precisou se submeter a inúmeras cirurgias de reconstrução facial. Entre as reminiscências de sua vida pregressa e a narrativa de suas longas internações hospitalares, figura o atentado que partiria Lançon em dois, o de antes e o de depois: "Fechei os olhos pela última vez, para apagar o que havia acontecido, como se aquilo, ao não ser visto, pudesse não ser vivido. Voltei a abri-los, e Bernard continuava ali. Aquele que eu me tornava quis chorar, mas aquele que ainda não estava totalmente morto o impediu." A relação com a família, os amigos, a ex-mulher, a namorada, os médicos e os enfermeiros, e até mesmo com o trabalho — tudo é revolvido pelo que lhe aconteceu. Que não se espere, contudo, uma narrativa de superação ou um protagonista cheio de autopiedade. Não à to


Detalhes do produto

Peso: 0,58 kg
Número de páginas: 464
Ano de edição: 2020
ISBN 10: 6580309776
ISBN 13: 9786580309771
Altura: 21
Largura: 14
Comprimento: 3
Edição: 1
Idioma : Português
Tipo de produto : Livro
Assuntos : Memórias


Quem viu este produto, comprou também!